Boa parte dos problemas respiratórios são crônicos ou perduram durante muito tempo. Dificuldade para respirar, lacrimejo, falta de ar, coceira na garganta, tosse seca, coriza, espirros e olhos vermelhos são os sintomas mais frequentes em quem tem este tipo de doença. Eles podem indicar que você precisa consultar um médico especialista para verificar quais são os agentes causadores do desconforto.

A respiração pode ser comprometida por diversos fatores, como alergia, sinusite, asma, bronquite, embolia pulmonar e até mesmo por causa de um resfriado.  No dia a dia, alguns alimentos podem ajudá-lo a amenizar os efeitos dessas doenças. Comer diariamente uma colher de sopa de linhaça, por exemplo, é capaz de aliviar a falta de ar.

O gengibre também é uma ótima opção para quem deseja minimizar esses sintomas, pois possui gingerol, além de ser antioxidante e anti-inflamatório. Já na hora de escolher as frutas, prefira as cítricas. Limão, laranja e acerola são ricas em vitaminas e capazes de melhorar o processo de inspirar e expirar.

Nos casos de asma, uma dica importante é procurar manter a calma quando estiver em crise. Entrar em desespero deixa mais difícil manter o controle do corpo e isto aumenta a sensação de falta de ar. Se mesmo assim você continuar se sentindo mal, opte por bebidas energéticas como café e coca-cola, pois elas possuem substâncias que ajudam a dilatar as vias respiratórias.

No entanto, essas medidas são paliativas. Para saber como tratar a sua doença não deixe de consultar o médico. Prevenir e acompanhar a evolução do seu problema respiratório é a melhor maneira de evitar os sintomas decorrentes deles.

Share This